ANUNCIE AQUI
073 9 9952-3037

Time chinês quer Valdivia e oferece R$ 31,6 milhões, diz imprensa chilena

  • Por Itamarati Notícias sexta-feira, 10 de julho de 2015 23:27:00 Comentários
    Valdivia não irá mais jogador pelo Palmeiras, segundo o presidente Paulo Nobre, mas agora tem a difícil missão de escolher o país onde irá encher os bolsos nos próximos anos. O meia tem acordo com o Al Wahda, dos Emirados Árabes, mas tem em mãos uma proposta da China com um valor exorbitante, segundo a imprensa chilena.

    De acordo com o jornal El Mercurio, o mais importante do país, o Guangzhou R&F quer ter o camisa 10 da seleção campeã da Copa América até 2017. Para isso, fez uma bela oferta: US$ 10 milhões (R$ 31,6 milhões) pelos dois anos de contrato. Seriam, portanto, R$ 15,8 milhões por ano, ou R$ 1,31 milhão por mês.
    "A oferta foi feita e ampliamos o prazo para ele responder. A princípio, queríamos oferecer contrato por um ano e meio e US$ 5 milhões, mas conseguimos melhorar e ampliar essa primeira proposta. Estamos esperando a resposta do jogador para fechar negócio", disse Luka Tudor, representante do clube chinês no Chile, ao jornal.
    Com contrato até 17 de agosto com o Palmeiras, Valdivia ficará treinando na Academia de Futebol até o final de seu vínculo. Em entrevista à TVN, na última quarta-feira, o "Mago" disse "não saber" se irá cumprir o acordo com o Al Wahda, que chegou a anunciar a chegada do reforço em seu site oficial, mas tirou a notícia do ar dias depois.

    O Guangzhou R&F é o atual 10º colocado do Campeonato Chinês, 16 pontos atrás do líder Beijing Guoan. A equipe é sediada na cidade de Cantão, uma das mais importantes do país asiático, e divide as atenções com o Guangzhou Evergrande, do técnico Luiz Felipe Scolari e do meia-atacante Ricardo Goulart.