ANUNCIE AQUI
073 9 9952-3037

Estrada que liga BR-330 a Ibirapitanga segue esquecida pelo governo do estado

  • Por Itamarati Notícias sábado, 6 de maio de 2017 21:09:00 Comentários

    “A BA é um excelente atalho para a BR-101. O problema é que, por causa dos buracos, temos de andar muito devagar, o que facilita a ação de criminosos. Eu prefiro andar uns quilômetros até o trevo da BR-330 com a BR-101, depois sigo para Ibirapitanga”, disse um motorista.




    “Completamente esquecida”, essa é a definição apropriada para a BA-652, trecho que liga a BR-330 a cidade de Ibirapitanga. O trecho de 14 quilômetros está totalmente intransitável.
    A última vez que a rodovia recebeu manutenção foi em fevereiro de 2013, depois disso a estrada foi abandonada pelo governo do estado.

    O resultado do descaso é que muitos motoristas evitam trafegar por ali e os poucos destemidos ainda temem os assaltos, muito comuns na rodovia. As poucas ações que visam melhorar as condições da BA-652 são da prefeitura municipal de Ibirapitanga, que espalha cascalho na estrada para que os motoristas tenham condições mínimas de tráfego. Os esforços, não entanto, não são suficientes.

    “A BA é um excelente atalho para a BR-101. O problema é que, por causa dos buracos, temos de andar muito devagar, o que facilita a ação de criminosos. Eu prefiro andar uns quilômetros até o trevo da BR-330 com a BR-101, depois sigo para Ibirapitanga”, disse um motorista.

    A estrada, se estivesse em boas condições, seria uma excelente alternativa para os moradores de Ipiaú e cidades vizinhas que frequentemente viajam a capital baiana, já que a BA-120, que liga Ibirataia à Gandu, está em situação semelhante.

    Em junho do ano passado, o governador Rui Costa assinou conseguiu um empréstimo do Banco Internacional para Reconstrução e Desenvolvimento (BIRD), no valor de US$ 200 milhões, equivalente a R$ 740 milhões, para o Programa de Restauração e Manutenção de Rodovias Estaduais (Premar), que garante a recuperação de 2.370,51 Km de 16 estradas baianas. Não há confirmações se a BA-652 está incluída na lista.
    Fonte: Giro Ipiaú