ANUNCIE AQUI
073 9 9952-3037

Polícia e outros agentes públicos realizam megaoperação no Centro do Rio

  • Por Itamarati Notícias sexta-feira, 26 de maio de 2017 13:13:00 Comentários

    Ação acontece depois que uma série de roubos em lojas na Rua Senador Pompeu, na segunda-feira. Polícia atua no combate ao tráfico de drogas nos morros da Providência, Pinto e Conceição.





    As polícias Civil e Militar e outros agentes públicos realizam uma grande operação nas ruas e comunidades do Centro do Rio, na manhã desta sexta-feira (26), para combater o tráfico de drogas e a desordem urbana no entorno da Central do Brasil. A ação dos agentes da segurança pública é realizada no Morro da Providência, onde atuam policiais do Batalhão de Choque, e também nos morros do Pinto e da Conceição. A megaoperção foi desencadeada depois do arrastão que aconteceu na Rua Senador Pompeu, na segunda-feira (22).

    Mais de 40 criminosos invadiram e saquearam 14 lojas na rua. Os criminosos ficaram no local por mais de duas horas. Eles chegaram no local pouco antes das 2h e usaram caminhões para carregar a mercadoria. Policiais chegaram ao local e trocaram tiros com os criminosos, mas logo foram embora e ninguém foi preso. A ação dos criminosos durou cerca de três horas.

    Segundo comerciantes da região, traficantes do Morro da Providência cobravam taxa de R$ 2 mil de cada estabelecimento para que os donos não fossem alvo de roubos e pudessem trabalhar. No entanto, os comerciantes teriam deixado de pagar a taxa, o que teria motivado a série de roubos.



    De acordo com a Polícia Militar, dois menores foram apreendidos pelo BPChoque no entorno da Central da Brasil e três maiores foram presos roubando um taxista na Avenida Francisco Bicalho. "Cerca de 200 homens, entre policiais militares, policiais civils, agentes da Secretaria Ordem Pública e da Guarda Municipal vão participar desta operação integrada para de combate ao crime e ordenamento da região", disse o porta voz da PM major Ivan Blaz.

    Segundo a Seop, até as 12h, 18 estabelecimentos tinham sido vistoriados, sendo dois fechados e cinco notificados. Cinco veículos foram rebocados no Santo Cristo e mais de duas mil mercadorias de camelôs já encheram oito caminhões de entulho.
    Segundo o inspetor Ricardo Soares, diretor de operações da Guarda Municipal, ainda foram apreendidos 200 óculos de sol no Terminal Procópio Ferreira e os guardas continuam averiguando depósitos para apreender mercadorias pirateadas ou roubadas. Alguns detidos foram levados para a 1ª DP e 4ª DP.





    Na noite da última quinta-feira (28), passageiros que estavam na estação Central do Brasil e moradores do Centro relataram em redes sociais uma intensa troca de tiros na proximidade do Morro da Providência. Dois adolescentes e uma pistolas foram apreendidos na última noite e encaminhados à 5ª DP (Mem de Sá), no Centro, onde o caso foi registrado.

    Ordenamento urbano
    Depois do ataque da às lojas no início da semana, nesta sexta (26), a prefeitura e o governo do estado começaram a Operação Central do Brasil, com foco no ordenamento do espaço urbano na Central do Brasil, no entorno e nos acessos às comunidades.



    O superintendente regional do Centro disse que o trabalho de ordenamento na área da Central vai se estender até às 20h de segunda. O trabalho inclui ordenamento dos ambulantes, limpeza e fiscalizacao da Vigilância Sanitária e também convencimento e acolhimentos de usuários de drogas e população de rua.

    Desde as 6h, agentes do município atuam na região da Central do Brasil. A operação tem como objetivo reestabelecer o ordenamento do espaço urbano, atentando para as demandas municipais e estaduais possibilitando a atuação de diversos entes públicos; cumprimento de mandados de busca e apreensão; fiscalização de veículos irregulares e depósitos clandestinos nas áreas do Terminal Procópio Ferreira, do Terminal Américo Fontenelle, Morro da Providência, Morro da Conceição e Morro do Pinto. Também serão realizadas ações de acolhimento de população em situação de rua, além de serviços de limpeza e de conservação.

    A ação se estenderá por todo o fim de semana, com seu encerramento previsto para a segunda-feira (29). Estarão envolvidos na ação policiais militares do 5ºBPM (Harmonia), UPP Providência, Regimento de Cavalaria e o Comando de Operações Especiais (COE) - que envolve os efetivos do Batalhão de Operações Policiais Especiais (Bope), Batalhão de Polícia de Choque (BPChq), Batalhão de Ações com Cães (BAC) e Grupamento Aeromóvel (GAM) -, além de agentes da Polícia Civil, da Guarda Municipal e da Secretaria Municipal de Ordem Pública (Seop).

    Alunos sem aulas
    A Secretaria Municipal de Educação informou que, por conta da situação da segurança, unidades escolares no Morro da Providência estão sem atendimento. No total, são 1.888 alunos sem atendimento, com três escolas, uma creche e um Espaço de Desenvolvimento Infantil.
    Fonte: G1