ANUNCIE AQUI
073 9 9952-3037

Encontrado carro de motorista do Uber morto a tiros em Feira de Santana, na Bahia

  • Por Itamarati Notícias terça-feira, 26 de setembro de 2017 17:03:00 Comentários

    O carro que pertencia ao motorista do aplicativo Uber que foi achado morto com perfurações de tiros, às margens da BR-324, em Feira de Santana, foi encontrado na manhã desta terça-feira (26), na cidade a cerca de 100 km de Salvador.

    De acordo com o delegado Roberto Leal, coordenador da Polícia Civil em Feira de Santana, o veículo, que estava desaparecido desde o final de semana, foi localizado no bairro Papagaio. O carro foi encaminhado para o Departamento de Polícia Técnica (DPT) da cidade para ser periciado.

    Ainda não há informações sobre a autoria do crime. O caso é investigado pela Delegacia de Furtos e Roubos de Feira de Santana.


    Carro de motorista do Uber morto em Feira de Santana é encontrado pela PM


    O carro que pertencia ao motorista do aplicativo Uber que foi achado morto com perfurações de tiros, às margens da BR-324, em Feira de Santana, foi encontrado na manhã desta terça-feira (26), na cidade a cerca de 100 km de Salvador.

    De acordo com o delegado Roberto Leal, coordenador da Polícia Civil em Feira de Santana, o veículo, que estava desaparecido desde o final de semana, foi localizado no bairro Papagaio. O carro foi encaminhado para o Departamento de Polícia Técnica (DPT) da cidade para ser periciado.

    Ainda não há informações sobre a autoria do crime. O caso é investigado pela Delegacia de Furtos e Roubos de Feira de Santana.


    Crime

    O motorista, identificado como Juraci Laércio Guimarães Cal Filho, foi achado morto no sábado (23), um dia após sair de casa para fazer uma corrida fora do aplicativo.

    O Uber confirmou ao G1 que o rapaz era cadastrado na plataforma e afirmou que, no momento do crime, ele não estava conectado ao aplicativo. A empresa ainda esclareceu que não proíbe os motoristas cadastrados na plataforma de fazer corridas por fora do aplicativo, mas ressaltou que quando isso ocorre, o condutor perde as coberturas de segurança existentes no próprio sistema.
    Fonte: G1-BA