ANUNCIE AQUI
073 9 9952-3037

Primavera tem início nesta sexta e promete dias mais claros e temperaturas mais amenas no litoral da BA

Por Itamarati Notícias sexta-feira, 22 de setembro de 2017 23:31:00 Comentários

Primavera tem início nesta sexta e promete dias mais claros e temperaturas mais amenas no litoral da BA



Salvador terá temperaturas mais amenas na primavera (Foto: Lílian Marques/ G1)


Considerada uma estação intermediária e de transição entre o inverno e o verão -- com um pouco de características dessas duas outras estações --, a primavera terá início às 17h02 desta sexta-feira (22) e segue até o dia 21 de dezembro. Para o litoral baiano, que engloba Salvador, a estação promete dias mais claros e temperaturas mais amenas, que devem variar entre 21ºC e 31ºC.

No começo, a estação tem características que lembra mais o inverno, com possibilidade de ocorrência de chuvas fracas na faixa litorânea, sobretudo durante a madrugada e no início da manhã. No decorrer da estação, isso muda gradativamente e a primavera ganha características de verão.

"Para Salvador, é uma estação mais agradável , porque tem dias mais claros, ao contrário do inverno, mas com temperaturas agradáveis. Não são temperaturas como as do verão, que chegam a causar desconforto. Na primavera, a temperatura mínima fica em torno de 21ºC ou 22ºC, enquanto a máxima fica entre 30ºC a 31ºC. Resumindo, temos o período chuvoso no outono e no inverno e o período mais seco na primavera e no verão", destaca a meteorologista do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), Cláudia Valéria.

Primavera começa às 17h02 (Foto: Lílian Marques/ G1)


Na região centro-oeste do estado, ao contrário da faixa litorânea, a primavera marca o início do período chuvoso. "As chuvas lá começam entre o final de outubro e o início de novembro. Ou seja, enquanto no litoral vivemos condição mais seca, de forma gradativa no decorrer da primavera, no oeste temos mais chuva. Na região da Chapada Diamantina, podemos também ter registro de chuva fraca, mas geralmente o clima lá acompanha o do litoral", destaca a especialista.
Fonte: G1-BA