ANUNCIE AQUI
073 9 9952-3037

Apresentação de ex-cantor de arrocha em igreja é interrompida por tiroteio em rua; vídeo

  • Por Itamarati Notícias quinta-feira, 14 de dezembro de 2017 01:02:00 Comentários
    Uma apresentação musical do ex-cantor de arrocha, Márcio Moreno, em uma igreja evangélica de Simões Filho, na região metropolitana de Salvador, foi interrompida por um tiroteio que ocorreu na rua onde o templo está localizado.

    O caso ocorreu na no noite de segunda-feira (13), quando fiéis estavam em um culto realizado em na igreja, no bairro Barreiro. Havia crianças, mulheres e homens no local. Algumas pessoas chegaram a passar mal quando ouviram os tiros. Foram mais de 30 disparos.

    Os fiéis celebravam a reinauguração da igreja após uma reforma, com a apresentação musical de Márcio Moreno, que hoje é pastor e ex-cantor de arrocha.

    O pastor da igreja em que ocorreu o tiroteio, Jorge Souza, estava transmitindo o culto religioso no próprio Facebook ao vivo no momento em que a troca de tiros começou e acabou sendo gravada. “Agora eu tenho receio que não queiram mais ir para a igreja”, disse.

    O cantor Márcio Moreno já estava no final da apresentação, quando o tiroteio começou. Uma mulher que aparece no vídeo cai no chão e se desespera, enquanto é amparada por outra pessoa. Em desespero, os fiéis começam a orar o salmo 91. As portas da igreja são fechadas, os tiros continuam.

    “A igreja tinha em torno de 250 pessoas. Muitos se jogaram no chão e outros também entraram na igreja. Todos ficaram muito nervosos nesse dia. O que fizemos foi começar a orar e fechar as portas da igreja”, relatou o pastor Márcio Moreno.
    Ferrari Modena



    Tiroteio em rua interrompe culto em igreja


    Uma apresentação musical do ex-cantor de arrocha, Márcio Moreno, em uma igreja evangélica de Simões Filho, na região metropolitana de Salvador, foi interrompida por um tiroteio que ocorreu na rua onde o templo está localizado.

    O caso ocorreu na no noite de segunda-feira (13), quando fiéis estavam em um culto realizado em na igreja, no bairro Barreiro. Havia crianças, mulheres e homens no local. Algumas pessoas chegaram a passar mal quando ouviram os tiros. Foram mais de 30 disparos.

    Os fiéis celebravam a reinauguração da igreja após uma reforma, com a apresentação musical de Márcio Moreno, que hoje é pastor e ex-cantor de arrocha.

    O pastor da igreja em que ocorreu o tiroteio, Jorge Souza, estava transmitindo o culto religioso no próprio Facebook ao vivo no momento em que a troca de tiros começou e acabou sendo gravada. “Agora eu tenho receio que não queiram mais ir para a igreja”, disse.

    O cantor Márcio Moreno já estava no final da apresentação, quando o tiroteio começou. Uma mulher que aparece no vídeo cai no chão e se desespera, enquanto é amparada por outra pessoa. Em desespero, os fiéis começam a orar o salmo 91. As portas da igreja são fechadas, os tiros continuam.

    “A igreja tinha em torno de 250 pessoas. Muitos se jogaram no chão e outros também entraram na igreja. Todos ficaram muito nervosos nesse dia. O que fizemos foi começar a orar e fechar as portas da igreja”, relatou o pastor Márcio Moreno.

    A troca de tiros durou cerca de 3 minutos, segundo o cantor. Apesar de a Polícia Militar não ter registro do tiroteio, os fiéis relatam que a troca de tiros ocorreu por conta da briga entre facções criminosas da região. Na madrugada do dia seguinte, segundo os relatos, um homem teria morrido em decorrência do conflito entre os grupos.