ANUNCIE AQUI
073 9 9952-3037

Com barrigão de fora, Ivete comanda contagem para receber 2018 e pede licença para sentar: 'barriga pesada'

  • Por Itamarati Notícias terça-feira, 2 de janeiro de 2018 01:10:00 Comentários

    Grávida de gêmeas e com o barrigão de fora, a cantora Ivete Sangalo foi quem comandou a contagem regressiva para a chegada do ano novo na orla de Salvador. A musa fez sua última apresentação antes da parada nos shows para o parto das gêmeas. [No vídeo acima, confira a contagem regressiva de Ivete Sangalo]

    Ivete entrou no palco com sua já conhecida energia, mas após a contagem regressiva, pediu licença ao público para sentar em uma cadeira.
    Ferrari Modena



    Ivete Sangalo comanda contagem regressiva e recebe 2018 em Salvador


    Grávida de gêmeas e com o barrigão de fora, a cantora Ivete Sangalo foi quem comandou a contagem regressiva para a chegada do ano novo na orla de Salvador. A musa fez sua última apresentação antes da parada nos shows para o parto das gêmeas. [No vídeo acima, confira a contagem regressiva de Ivete Sangalo]

    Ivete entrou no palco com sua já conhecida energia, mas após a contagem regressiva, pediu licença ao público para sentar em uma cadeira.

    "A barriga tá pesando"

    Ferrari Modena

    Com barrigão 'pesado', Ivete pediu licença ao público para sentar após a contagem regressiva em Salvador (Foto: Alan Tiago Alves/G1)


    "É tanto amor que tá pesando"

    Toda de branco, com brilhos, Ivete brincou com o público durante toda a sua apresentação, mostrando que o desconforto do fim da gravidez não atrapallhou seu bom humor.

    "Hoje, até paradinha eu vou lacrar 2018"

    Ferrari Modena

    Ivete Sangalo no Festival Virada Salvador (Foto: Jefferson Peixoto/Secom)


    Em um momento da apresentação, Ivete recebeu o filho Marcelinho no palco, e ele tocou percussão. E quem disse que ela conseguiu ficar sentada o tempo inteiro? Levantou para dançar um pouco e curtir o clima do público baiano.

    Após a contagem de Ivete, os olhos do público, que até então estavam voltados para o palco, por onde passaram ainda artistas como Jorge e Mateus e Bell Marque, se voltaram para o céu. Foram 15 minutos de show pirotécnico, acompanhado por uma trilha sonora especial.

    Ferrari Modena

    Com barrigão 'pesado', Ivete pediu licença ao público para sentar após a contagem regressiva em Salvador (Foto: Alan Tiago Alves/G1)


    Algumas pessoas choraram, uns se abraçaram e outros aproveitaram para orar.


    “Muita saúde, muito amor. Tolerância, paz, alegria, vida, harmonia, respeito, muita música, gratidão a Ele que deu a vida pra gente. Que seja um ano de prosperidade, de não violência, de alegria, de fé, de boas notícias”, disse Ivete.

    A festa na capital baiana começou, no entanto, bem antes da queima de fogos. Antes mesmo de o sol se pôr, por volta das 17h, o grupo Ilê Ayê, primeiro a se apresentar, já animava a galera com um cortejo que percorreu, de ponta a ponta, a Arena Daniela Mercury.

    Ferrari Modena

    Ivete Sangalo no Festival Virada Salvador (Foto: Evilânia Sena/Secom)


    As pessoas que, aos poucos, iam chegando para curtir a noite, a maioria vestidas de branco, já aproveitavam para seguir a batucada do mais antigo bloco afro do carnaval da capital baiana.

    Em seguida, foi a vez da cantora Amanda Santiago, que trouxe no repertório canções de sucesso da MPB mesclados com batucada percussiva, além de músicas autorais.

    Ferrari Modena

    Amanda Santiago no Festival Virada Salvador (Foto: Bruno Concha/Secom)


    Bell Marques, com sua guitarra, cantou sucessos consagrados da época do Chiclete com Banana e músicas lançadas pôs-carreira solo e fez a galera pular como se estivesse atrás de um trio elétrico em pleno carnaval.

    “Diga que valeu”, “Chicleteiro eu, chicleteira ela”, “Voa, voa”, “100% você”, e “Quero chiclete” estiveram na playlist.

    Ferrari Modena

    Bell Marques no Festival Virada Salvador (Foto: Jefferson Peixoto/Secom)


    “Chegamos ao último dia do ano e esse é um momento de reflexão, de rever as coisas que deram certo e as que deram errado e melhorar", disse Bell.

    Nos intervalos entre um show e outro, o agito não parava, já que o grupo FitDance animava a galera com coreografias de músicas de sucesso na atualidade, sobretudo funk.

    O momento romântico da noite ficou por conta dos sertanejos Jorge e Mateus. Quarta atração a apresentar, a dupla levou muitos fãs as lágrimas com sucessos como “O que é que tem”, “Enquanto houver razões”, “Vou fazer pirraça”, “Os anjos cantam”, “Louca de saudade”, “Nocaute”, “Amo noite e dia” e a recém lançada “Contrato”.

    Ferrari Modena

    Dupla sertaneja Jorge e Mateus durante o Festival Virada Salvador na noite deste domingo (31) (Foto: Jefferson Peixoto/Secom)


    Faixas e cartazes com mensagens de carinho para a dupla eram vistos espalhadas por todo canto em meio ao público. Um dos cartazes estava nas mãos da estudante Letícia Oliveira, de 20 anos. Sem muito espaço no chão, ela subiu nos ombros de um amigo para mostrar a mensagem aos ídolos. “Foi difícil, mas eles me viram e falaram meu nome. Não tem como ter um fim de ano melhor. Terminei 2017 com o pé direito e vou começar o ano novo com o pé direito também”, disse.

    Ferrari Modena

    Fã subiu no ombro do amigo para mostrar cartaz à dupla sertaneja (Foto: Alan Tiago Alves/G1)



    Se as mãos da plateia estavam ocupadas com as homenagens aos sertanejos, as bocas só faziam cantar. Os fãs sabiam cada música, letra por letra.
    Os ídolos, por sua vez, atiravam toalhas brancas para o público. Os brindes, jogados por eles do início ao fim da apresentação, eram bastantes disputados.
    “Além das pessoas vestidas de branco, estou vendo muita gente de vermelho. É pra que o ano novo entre com muito amor, não é? Amor eh muito bom”, disse Jorge.

    “Que o ano novo venha com muita paz para nossas famílias”, destacou Mateus.

    Rosângela Luz levou o filho, o pequeno Cauan, de 6 anos, para ver a dupla sertaneja. “Ele é muito fã deles e eu também. Então, viemos cedo pra pegar um bom lugar na frente. Foi o presente de ano novo que ele me pediu” destacou a mãe.

    Ferrari Modena

    Rosângela e o filho de 6 anos (Foto: Alan Tiago Alves/G1)


    Dona Ana Maria das Dores também tirou a roupa branca do armário e foi para o meio da multidão curtir a festa. Não se incomodou com o aperto e curtiu os shows do início ao fim. “Vim pra ver Jorge e Mateus e Ivete. Tem que começar o ano assim, alegre, pra frente”, disse.


    Ferrari Modena

    Dona Ana colada na grade para não perder nenhum detalhe das apresentações (Foto: Alan Tiago Alves/G1)