ANUNCIE AQUI
073 9 9952-3037

SALVADOR: Guarda Municipal apura ação de agentes com cassetetes contra grupo com oficial da PM em festa de réveillon

Por Itamarati Notícias quarta-feira, 3 de janeiro de 2018 13:23:00 Comentários
Uma abordagem de agentes da Guarda Civil de Salvador contra foliões no Festival Virada, na noite de domingo (31), está sendo investigada pela corregedoria do órgão.

A Guarda apura se houve excesso na conduta dos funcionários, que foram flagrados em um vídeo que circula nas redes sociais usando cassetetes contra um grupo envolvido em uma confusão generalizada. Dentre as pessoas abordadas, estava um oficial da Polícia Militar da Bahia fora de serviço.

Por meio de nota, a Guarda Civil disse que recebeu as imagens da ação por meio da ouvidoria do órgão e que o processo de apuração foi aberto com o objetivo de dar "o direito de ampla defesa" a todos os envolvidos no caso. O órgão acrescentou que, ao fim das investigações, "as medidas cabíveis serão tomadas".


Ferrari Modena

Abordagem ocorreu no Festival Virada, no réveillon de Salvador (Foto: Reprodução / Redes Sociais)


Uma abordagem de agentes da Guarda Civil de Salvador contra foliões no Festival Virada, na noite de domingo (31), está sendo investigada pela corregedoria do órgão.

A Guarda apura se houve excesso na conduta dos funcionários, que foram flagrados em um vídeo que circula nas redes sociais usando cassetetes contra um grupo envolvido em uma confusão generalizada. Dentre as pessoas abordadas, estava um oficial da Polícia Militar da Bahia fora de serviço.

Por meio de nota, a Guarda Civil disse que recebeu as imagens da ação por meio da ouvidoria do órgão e que o processo de apuração foi aberto com o objetivo de dar "o direito de ampla defesa" a todos os envolvidos no caso. O órgão acrescentou que, ao fim das investigações, "as medidas cabíveis serão tomadas".

A Guarda Civil afirmou também que não permite excesso nas ações dos servidores e que preza pelo respeito mútuo entre os agentes e a sociedade.
Também por meio de nota, a Polícia Militar confirmou que um oficial do órgão estava no grupo de pessoas abordadas e que aguarda a apuração da Guarda Municipal de Salvador em relação à conduta da patrulha.

A Polícia ressalta que o oficial não estava a serviço. "Uma sindicância será instaurada para apurar as circunstâncias do fato, tendo como base os registros formais da Guarda Municipal e do oficial da PM".