ANUNCIE AQUI
073 9 9952-3037

Sequestradores ainda não mantiveram contato com família de ex-prefeito de Valença

Por Itamarati Notícias segunda-feira, 22 de janeiro de 2018 14:53:00 Comentários
O sequestro do empresário e ex-prefeito de Valença, Ramiro Campelo de Queiroz completa 72 horas neste domingo (21). A família continua sem contato com os sequestradores e notícias do empresário.

‘Tio Ramiro’ como é conhecido foi sequestrado na manhã da quinta-feira (18), por volta de 7h da manhã por três homens num veículo HB-20 branco. A esposa do dono das lojas Guaibim, Solange, agradeceu o apoio das pessoas e pediu orações.

“Quero deixar neste momento uma palavra de gratidão a vocês que se pronunciaram e ainda em alguns momentos estão a perguntar a respeito do acontecimento ocorrido na manhã do dia 18/01 com o meu esposo Ramiro. Estamos sim, sem notícias à espera de um sinal. Aqueles que estão juntos compartilhando esse momento conosco, com orações, continuem, porque a união faz a força que gera uma corrente de Luz e Energia positiva é isso que precisamos nesse exato momento. Está sendo muito difícil e angustiante para mim e meus filhos, mas creio no Deus que ama, que ampara e que não abandona os seus filhos”, escreveu em uma rede social.


Ferrari Modena

Pastora Nildes trabalha há 16 anos na região da Cracolândia. Usuários chegam a esconder o cachimbo quando ela passa, em sinal de respeito.


O sequestro do empresário e ex-prefeito de Valença, Ramiro Campelo de Queiroz completa 72 horas neste domingo (21). A família continua sem contato com os sequestradores e notícias do empresário.

‘Tio Ramiro’ como é conhecido foi sequestrado na manhã da quinta-feira (18), por volta de 7h da manhã por três homens num veículo HB-20 branco. A esposa do dono das lojas Guaibim, Solange, agradeceu o apoio das pessoas e pediu orações.

“Quero deixar neste momento uma palavra de gratidão a vocês que se pronunciaram e ainda em alguns momentos estão a perguntar a respeito do acontecimento ocorrido na manhã do dia 18/01 com o meu esposo Ramiro. Estamos sim, sem notícias à espera de um sinal. Aqueles que estão juntos compartilhando esse momento conosco, com orações, continuem, porque a união faz a força que gera uma corrente de Luz e Energia positiva é isso que precisamos nesse exato momento. Está sendo muito difícil e angustiante para mim e meus filhos, mas creio no Deus que ama, que ampara e que não abandona os seus filhos”, escreveu em uma rede social.

O caso passou a ser investigado pelo Departamento de Repressão e Combate ao Crime Organizado. Antes de levá-lo os sequestradores permitiram que ele pegasse os medicamentos de uso controlado. Ainda na quinta-feira (18), a informação de que o regaste teria sido pedido a família foi divulgada, mas até o momento a família não confirmou de forma oficial, nem revelou o montante pedido.