ANUNCIE AQUI
073 9 9952-3037

ESPORTE - Em ritmo lento, Bahia vence Atlântico no apagar das luzes e segue no G-4

  • Por Itamarati Notícias segunda-feira, 26 de fevereiro de 2018 09:20:00 Comentários
    O Bahia não teve uma boa apresentação, mas conseguiu vencer o Atlântico na tarde deste domingo (25), na Arena Fonte Nova, pela sétima rodada do Campeonato Baiano. Zé Rafael abriu o placar para o Tricolor, Jean Carlos empatou e, no fim do jogo, Elton decretou o placar em 2 a 1.

    O resultado mantém o Esquadrão de Aço da zona dos quatro primeiros colocados da competição, com 14 pontos. A equipe volta a jogar no próximo domingo (4), contra a Juazeirense, no estádio Adauto Moraes, em Juazeiro.



    O Bahia não teve uma boa apresentação, mas conseguiu vencer o Atlântico na tarde deste domingo (25), na Arena Fonte Nova, pela sétima rodada do Campeonato Baiano. Zé Rafael abriu o placar para o Tricolor, Jean Carlos empatou e, no fim do jogo, Elton decretou o placar em 2 a 1.

    O resultado mantém o Esquadrão de Aço da zona dos quatro primeiros colocados da competição, com 14 pontos. A equipe volta a jogar no próximo domingo (4), contra a Juazeirense, no estádio Adauto Moraes, em Juazeiro.

    O JOGO

    Com superioridade desde os primeiros minutos, o Bahia não demorou a abrir o placar. Aos seis minutos, em cobrança de falta, Zé Rafael colocou a bola no canto do goleiro e balançou a rede. Quatro minutos depois, o Atlântico subiu ao ataque para tentar reagir. Após cruzamento, Jean carlos chutou de primeira e a bola explodiu na defesa.

    A vantagem no placar deixou o Bahia lento, sem muita criação de boas oportunidades para ampliar. Enquanto isso, o Atlântico tentava subir para o ataque.

    Atlântico empata com Jean Carlos

    O Esquadrão de Aço foi castigado por ter puxado o freio de mão. Aos 37 minutos, Michel passou para Ruan Magno, que cruzou até Matheus, que finalizou para rebatida de Rafael Santos. No rebote, Jean Carlos completou e colocou o Tubarão em igualdade com o Tricolor.

    Segundo tempo

    Depois de empatar o jogo, o Atlântico saiu em busca da liderança do placar. Aos sete minutos, Bida ficou com a bola, finalizou com a perna esquerda e obrigou Rafael Santos a fazer uma grande defesa.

    Aos 17, faltou pouco para o Bahia marcar. Após boa jogada, Léo cruzou rasteiro para Kayke, que se esticou todo, mas não conseguiu completar o lance para o fundo do gol.

    Pouco ativo no ataque e ouvindo vaias da torcida, o Tricolor teve boa chance com Júnior Brumado, que errou o cabeceio após bom cruzamento feito por Léo. Com 42 minutos, o Bahia reclamou pênalti após Zé Rafael cair na grande área. A arbitragem, no entanto, não acusou a falta e aplicou cartão no meia.

    Nos momentos finais, o Bahia quase marcou. Gregore foi lançado na direita, cruzou, o goleiro Ferrari largou a bola, mas conseguiu efetuar a defesa. Antes do apito final, Ruan Magno foi expulso.

    Elton marca o gol do triunfo tricolor

    O Esquadrão conseguiu o gol no finalzinho. Após cruzamento de Zé Rafael e falha geral da defesa do Tubarão, a bola ficou livre para Elton empurrar para o gol.

    FICHA TÉCNICA
    Bahia 2 x 1 Atlântico
    Campeonato Baiano – 7ª rodada

    Local: Arena Fonte Nova, em Salvador
    Data: 25/02/2018 (domingo)
    Horário: 16h
    Árbitro: Ricarle Gustavo Batista
    Assistentes: Paulo de Tarso Bregalda Gussen e Carlos Eduardo Bregalda Gussen.
    Cartão amarelo: Léo, Zé Rafael, Tiago (Bahia) / Ferrari, Jean Carlos, Meidson, Michel (Atlântico)
    Cartão vermelho: Ruan Magno (Atlântico)
    Gols: Zé Rafael e Elton (Bahia) / Jean Carlos (Atlântico)


    Bahia: Rafael Santos; João Pedro, Grolli, Tiago e Léo; Gregore, Elton, Allione (Marco Antônio) e Régis (Élber); Zé Rafael e Kayke (Júnior Brumado). Técnico: Guto Ferreira.

    Atlântico: Ferrari; Michel, Alan, Abdala (Willian) e Vicente; Antônio Carlos (Ruan Carlos), Bida, Jean e Ruan Magno; Matheus e Vitinho (Meidson). Técnico: Eduardo Bahia.